Desmistificando o Propósito


Porque falar sobre Propósito é algo importante?

Bom, a maioria de nós quer “apenas” uma coisa: ser feliz! Essa tal felicidade é algo meio abstrato e subjetivo, e sempre presente nas reflexões da humanidade.

Fato é que, para ser feliz, um dos elementos que colaboram para seu alcance é encontrarmos nosso propósito de vida – afinal, estou aqui pra quê?

Muitos também vinculam propósito com trabalho, como se fosse possível realiza-lo apenas através do trabalho...o que não acredito! Depende também do que você considera o que é trabalho, lembrando que trabalho é diferente de emprego!

Mas, minha vinda aqui tem como objetivo explorar esse tema sob uma perspectiva mais pé no chão. Isso porque, durante um tempo, o conceito de propósito começou a ficar muito inalcançável, quase algo místico, trazendo uma frustração para muita gente que se sentia deslocada e sem esperança quanto a encontrá-lo.

Vi também algumas várias pessoas fazendo movimentos muito radicais, largando emprego e profissões, dando uma guinada de 180 graus na vida, sob a bandeira de estar realizando seu propósito...algumas, se deram muito bem, e outras, nem tanto...

Eu mesma fui uma delas. Graças a Deus, tenho tido êxito na minha trajetória. Mas, como sempre ressalto nas minhas falas sobre transição de carreira – o caminho foi longo e nada linear. Muita busca, muita experimentação, muita coragem e muito investimento de tempo, energia e dinheiro também. Costumo falar que transição de carreira é para os fortes!

Num breve resumo, depois de 12 anos atuando como advogada tributarista e empresarial, saí de um ambiente corporativo para atuar no setor de Moda e Beleza, com ênfase na área da Educação. Foram 10 anos construindo uma nova carreira, mas ainda sentindo que faltava algo. Depois de um estresse muito grande, aliás quase uma segunda crise de burnout vivida no ambiente corporativo, precisei buscar ferramentas que proporcionassem um gerenciamento eficiente quanto ao estresse do mundo do trabalho.

Nesse momento, conheci a prática de Yoga e depois de Mindfulness. Me identifiquei tanto, que fui estudar mais sobre os temas e me especializei em Psicologia Positiva. Hoje sou professora em MBAs de desenvolvimento pessoal em faculdades como Una, Uni e Unipac.

A questão é que, nesse caminhar, entendi que meu chamado é ajudar as pessoas a terem uma vida melhor, apesar dos desafios que ela vai nos trazendo...merecemos ser felizes, plenos, radiantes! Mas, muitos de nós, vivendo nesse sistema massacrante, sucumbe e não vive... apenas passa pela vida...deixando de desfrutar da sua beleza!

Por isso, decidi me dedicar a ensinar as pessoas a cuidarem de seu bem-estar através de ferramentas como Mindfulness, Yoga e PP. E, sigo, feliz! Esse é o meu propósito!

E, agora, você pode estar querendo saber...ok, mas como eu descubro o meu propósito?

1. Encontrar o propósito é um processo que implica em autoconhecimento. Pra isso, você precisa de ajuda profissional (na minha opinião), seja um coach ou um mentor, e entender que leva um tempo. Portanto, paciência.

2. É bem provável que você não encontre ele de cara. Então, esteja aberto a experimentar, investigar outros caminhos até chegar nele...

3. Outra coisa importante, é ter em mente que, podemos realizar o propósito de maneiras diversas, ou seja, a entrega pode se dar de maneiras diferentes para um mesmo propósito.

4. Nem sempre o trabalho está diretamente ligado ao propósito. Por exemplo, você pode sim ter um emprego para pagar seus boletos e executar o seu propósito em paralelo, ou até mesmo, criar um projeto dentro do seu ambiente de trabalho que irá te trazer a realização de significado. Agora, se o seu emprego te deixa mega infeliz, como era meu caso...aí não dá né?

5. Não se iluda com a ideia de que, quando estiver realizando o seu propósito, tudo será maravilhoso...não vai não. A gente sempre se deparar com problemas, desafios, gente chata, burocracia, etc...

6. Pare de mistificar o propósito – por exemplo, vejo as pessoas se espelhando em exemplos mirabolantes como, sei lá, Martin Luther King, Obama, lideres incríveis que sim, realizaram seus propósitos de maneira incrível... mas percebo que as pessoas vinculam a realização do proposito a um conceito de sucesso como, ter zilhões de seguidores nas redes...pode ser que você esteja em casa, cuidando do seu filho e esse é o seu proposito. Pode ser que você cuide de sua mãe idosa e esse é o seu propósito. E, deixa eu te contar, essas são atividades que pouquíssima gente vai te aplaudir...então, esqueça essa coisa de ter plateia. A gente realiza o proposito pra gente mesmo e pronto!

Dito isso, finalizo com uma frase, pra refletir, enquanto busca seu caminho...

“Floresça aonde Deus te plantou”

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo